Tibiana investigará a genealogia das disputas territoriais no Tibia

0
212

Com seu trabalho de conclusão do curso de Licenciatura em Geografia, a integrante feminina da Staff do BomDiaTibia – a BDT Girl – apresentará à Universidade Federal Fluminense um estudo cujo principal objetivo é investigar a genealogia das disputas territoriais num dos MMORPG mais famosos do mundo, o Tibia. O trabalho é intitulado Tibia: Genealogia das disputas territoriais em um MMORPG e ainda encontra-se na etapa de desenvolvimento do projeto. Será orientado pelo autor da tese “Paisagens Noturnas Cariocas: formas e práticas da noite na cidade do Rio de Janeiro”.

No texto do projeto, nossa BDT Girl narra que o interesse pelo estudo surgiu a partir de observações e ações realizadas no Tibia. Ela parte da seguinte questão: “Qual a gênese das disputas territoriais em contextos tibianos?” e ressalta que a partir desse questionamento pode ser possível desvendar e analisar como as disputas territoriais emergiram e emergem nos contextos de alguns servidores tibianos, tendo em vista que cada servidor possui suas especificidades, tais como: configurações de jogo, organização de grupos de jogadores e regras de convivência.

No intuito de delimitar a problemática, ela elegeu alguns recortes dentro do amplo universo que constitui o Tibia: “territórios em MMORPG” como recorte temático; a primeira década dos anos 2000 até a atualidade como recorte temporal; e seis servidores tibianos como recorte espacial.

Em sua justificativa, a BDT Girl ressaltou que sua trajetória tibiana teve início em agosto de 2008 e que, inicialmente, sendo apenas convidada a jogar, adentrou nesse universo com um pouco de relutância, uma vez que a parte gráfica e o gênero de jogo não lhe pareciam tão agradáveis. Depois de um tempo, ela percebeu que o que realmente importava e fazia sentido não eram propriamente os aspectos gráficos, mas sim as relações que se desenvolviam – relações jogador-jogo e relações jogador-jogador. Para ela, jogar Tibia nas horas vagas soava e ainda soa como uma espécie de alívio diante dos problemas cotidianos.

Ela conta que após seu ingresso no meio acadêmico, pôde notar o quanto um jogo online foi e é importante, através de algumas teorias, como as de Michel Foucault e Yi-Fu Tuan, relacionadas aos comportamentos e às relações que as pessoas desenvolvem com o ambiente. A BDT Girl ainda relata que começou a perceber que os comportamentos e relações estabelecidas no jogo estavam e estão muito ligados com alguns conceitos e categorias da Geografia, tais como: território, disputa territorial, territorialidade, lugar e espaço. É precisamente nisso que ela fundamenta a relevância de seu estudo, uma vez que o mesmo abordará alguns aspectos pessoais e buscará entender como estes se expressam e se manifestam no espaço geográfico em questão.

Serão utilizadas como ferramentas teórico-metodológicas a observação-participante e a etnografia digital, que viabilizarão a coleta dados através da participação ativa e observação dos comportamentos dos jogadores em situações do cotidiano tibiano, além de entrevistas semi-estruturadas a partir da história oral como método de pesquisa. Para analisar os dados e as informações obtidas, a BDT Girl lançará mão do método genealógico de interpretação que propõe uma análise dos acontecimentos em sua dispersão, sem procurar forçar conceitos universais que desconsideram o que não se adéqua a eles, considerando determinados conteúdos meramente acidentais. Em outros termos, a genealogia como método possibilitará uma compreensão ampla de certos acontecimentos e como estes surgiram e se manifestam.

Ao coletar os dados e as informações, ela ainda utilizará alguns conceitos e/ou categorias geográficas para analisá-los, tais como: território, territorialidade, disputa territorial, espaço, ciberespaço e lugar. No projeto, ela apresenta a definição de cada uma das teorias e dos conceitos mencionados e diz ainda que acredita ser possível, com isso, atingir os objetivos da pesquisa, destacando que sua pretensão é compreender a gênese das disputas territoriais nos contextos tibianos a partir de uma correlação das ações dos jogadores com o significado que os mesmos atribuem ao Tibia e às territorialidades (identidade com o território) que nele emergem.

Quando finalizado, certamente publicaremos uma matéria especial e disponibilizaremos a íntegra do trabalho.

Não deixe de compartilhar conosco sua opinião e impressões sobre esta matéria. Comente!