[Fechado] Concurso 3 Anos BomDiaTibia - MISSION 1 - Submissões / Submissions  

Página 1 / 2 Próxima
  RSS

(@super-amarelo)
ADMIN BomDiaTibia
Data de Registro:2 anos  atrás
Posts: 171
10 de maio de 2019 01:09  

1º: golden trophy  of excellence  + journal shield 
2º: silver trophy of excellence Silver Trophy of Excellence.gif + royal medal Royal Medal.gif
3º: bronze trophy of excellence Bronze Trophy of Excellence.gif + wooden whistle Wooden Whistle.gif

__

Regras:

- Por favor, curta a nossa fanpage no Facebook
- Serão aceitas submissões em inglês ou português;
- Você deverá escrever a história de como o Journal Shield foi criado ou encontrado;
- Em sua história deverá, obrigatoriamente, conter as inscrições do Journal Shield (o que você imagina que está escrito cravado no metal do escudo?)
- Sua história deverá conter no máximo 500 palavras;
- As inscrições cravadas no metal do escudo deverá conter no máximo 50 palavras;
- Uma página especial será criada para o Shield e a sua história passará a ser a história oficial do item; 
- Você pode adicionar até 3 screenshots, desenhos ou imagens para ilustrar sua história
- A história NÃO deve conter linguagem imprópria;
- Nós julgaremos a sua criatividade e o conhecimento sobre tibia agregado na história;
- Submissões que contenham plágio serão desqualificados;
- O autor da submissão vencedora concorda em fornecer história para que o BomDiaTibia.com insira-a no nosso site. 
- Caso queira participar da missão 1, poste sua submissão AQUI!

- Submissions will be accepted in English or Portuguese;
- You should write the story of how the Journal Shield was created;
- Your story must contain the inscriptions with the Journal Shield (what do you think is written in the shield metal?)
- A special page will be created for the Journal Shield and your story will become the official narrative of the item;
- Your story should contain a maximum of 500 words;
- Inscriptions embedded in the metal of the shield must contain a maximum of 50 words;
- You can add up to 3 screenshots, drawings or images to illustrate your story
- The story should NOT contain inappropriate language;
- We will judge your creativity and knowledge about tibia aggregate in history;

Admin BomDiaTibia.com
--------------------------------------
“Você vê coisas e diz: Por quê? Mas eu, sonho coisas que nunca existiram e digo: Por que não?”


(@g4reid)
Tibiano Novato
Data de Registro:2 meses  atrás
Posts: 2
10 de maio de 2019 22:06  

Hydan Aymon - Nefera

 

     Na longínqua ilha de Isle of the Kings, o monge chefe de sua ordem, Costello, vive uma vida simples. Ele e seus companheiros dedicaram suas vidas para proteger os túmulos dos antigos líderes do império Thaian, assim como a busca incessante pelo conhecimento.

     Como era de costume pelas manhãs, Costello fez sua ronda pela biblioteca e posteriormente sua sessão de estudos. Já era quase meio dia quando um aventureiro anunciou sua chegada e adentrou em sua sala.

     O aventureiro, que parecia estar bastante desanimado, relatou que já estava a muito tempo explorando as cidades a procura de informações a respeito de um artefato, que mais parecia ser uma lenda.

     Costello então questionou: O que te faz pensar que achará o que procuras aqui?

     O aventureiro responde que há um mês, enquanto visitava a cidade de Ankrahmun, um mercador chamado Yasir disse ter o que ele procurava e acabou vendendo-o um antigo pergaminho que continha um esboço rústico, o carimbo do monastério de Isle of the Kings e os seguintes dizeres “O Ver.....ro ......iro é tam..m um intel....al”.

     Após um momento de silêncio, Costello respondeu: Sim, sou o autor deste documento, ele foi escrito durante uma época difícil de minha vida, para que eu nunca fosse capaz de esquecer meus pecados.

      O aventureiro notou que Costello estava um tanto quanto triste e que lágrimas pareciam brotar em seus olhos, mesmo assim questionou se ele teria informações sobre o tal artefato.

     Costello respondeu o aventureiro com uma história: Fugio, foi um monge exemplar que acordava cedo todas as manhãs e dedicava-se aos seus estudos como nenhum outro monge. Naquela semana, seu irmão, o líder do monastério, solicitou sua presença nas tumbas para que fizesse uma averiguação do ambiente. Fugio acabou morrendo emboscado por mortos vivos, e seu irmão alimentou dentro de sí um forte sentimento de culpa. O irmão de Fugio passou então a se questionar a respeito da vida, não parava de pensar que a morte de seu irmão representava não somente a morte de uma pessoa querida, e sim a morte de todo o conhecimento que aquela pessoa levava consigo. Ele resolveu que não permitiria mais que o conhecimento fosse tão facilmente perdido. Viajou para Thais e encomendou, do ferreiro Sam, um equipamento feito dos mais puros e raros metais conhecidos que levaria dentro de sí todo o poder do conhecimento com o objetivo de proteger todas as pessoas e suas respectivas mentes, garantindo assim que o mundo não perderia suas histórias e memórias. Este equipamento foi depois nomeado de Journal Shield e em seu corpo foi cravado a inscrição “Busque a verdade, mas desconfie de quem diz tê-la encontrado”.

      O aventureiro confuso perguntou: Mas o que isso tudo significa? E o artefato? Mas quem diabos é Fugio? O artefato existe e está aqui ?

      Costello Respondeu: Acho que já está ficando tarde, preciso me recolher, por que não volta amanhã?

 

 

Obs: “O Ver.....ro ......iro é tam..m um intel....al” = O Verdadeiro Guerreiro é Também um Intelectual.

 

Submissão válida / Valid submission (1)
Elfo
Editado: 4 dias  atrás

 Sync
(@sync)
Tibiano Novato
Data de Registro:2 semanas  atrás
Posts: 4
11 de maio de 2019 08:35  

Sync Speeddraw - Vunira

Until today, that darkness still haunts me...

Even on the beginning, I was seeking power. I started my research, near the Rookgard Academy an adventurer told me about Minotaur Hell and even though he warned me about the dangers there, I rushed to it... Blinded by foolishness.

The obscure place was completely silent... I lit a torch and that's when then everything turned into chaos, Minotaurs rushed onto me attacking from every direction. When my hope was lost, I felt the warmth, a presence of light, everything was blurry... Everything but your determination, my friend. You gave me back my life, protecting me and killing all the Minotaurs... that day you became the shield of a cursed men.

*...too bad I betrayed you.*

Growing together in Rookgard, having adventures, fun and sharing our life objectives...
You wanted to document all the information gathered around Tibia, about me...
...I wanted power.

Once in the Oracle, we chose our destiny. You became a Knight and I followed the path of magic, becoming a Sorcerer. We promised each other to fulfill our dreams for when we meet again, we could look onto each other eyes with pride to share a lifetime of stories like the ones we had in the old days...

From now and then I heard your mighty deeds, meanwhile, I was following a path of shadows to obtain power. That's when that fateful day occurred... I was exploring Hellgate when some strange creatures with a lot of eyes took me captive and proceed with thousands of interrogations... Entering my mind and searching on my deepest memories.

One day, I was set free, harmless. I thought they couldn't find anything of interest on me, so they just let me go.

I've never been so wrong...

Overtime I felt strange changes on me, blackouts, heard sounds, my mind was drifting away and there was a sort of words always repeating...

...kill the Dragonborn.

I didn't gave it importance.

Years past and I found myself investigating alchemy and secrets of life and death in the Serpentine Tower. Even you, had it as a mystery, but somehow all the numbers on the books were clear to me and said that secret for eternal life was in a cave deep down Kazordoon.

I dashed there, just to find the same warm presence I felt long time ago, then my mind faded away...

When I woke up I was in front of a corpse... Your corpse. I felt terrified and fainted.

I regained conscience and with the sharpest pain on my chest, I looked at your lifeless body. It was full of decomposing dragon scales, you were the Dragonborn?

I took your life... I took it to the person once gave it back to me. So from then I decided to gave you mine, with alchemy and your Dragon body I created a shield and with your Dragon blood I write on it everything I discover around Tibia, carrying your dream, carrying our stories...

[EDITED TO FIT THE 500 WORDS 😬 ]

_____________________________________________

Inscriptions:

"To decipher Bonelord language you need to..."
"You should NEVER betray a friend"
"On me there is all the knowledge of Tibia... Written with blood"
"Don't let the greed consume you"
"Golden helmet? It's on a corpse, surrounded by water"
"Knowledge is power!"
"Power is nothing compared to friendship"

 
Submissão válida / Valid submission (2)
Elfo
Editado: 1 semana  atrás

(@tibyasula)
Tibiano Ativo
Data de Registro:2 meses  atrás
Posts: 6
11 de maio de 2019 13:32  

Tibyasula - Quelibra

Um tempo depois da Era do Caos...

 

Quando Uman criou as raças anciãs Elfos e os Dwarfs...

 

Os Dwarfs que eram muito pequenos em estatura, porém, com habilidades de mineração, forja e guerreiros incríveis. Criados para lutarem contra as criaturas terríveis e sombrias de Zathroth.  Infelizmente as criaturas de Uman eram fracas comparadas às forças sombrias.

 

Demétrio o anão forjador que criava armamentos, não era feliz com toda a guerra já que havia perdido sua família inteira na guerra vendo todo aquele caos, despertou em seu coração uma escuridão...

Tentando entender o que havia despertado ele foi à procura de respostas, pois, a escuridão o consumia.

Ao se aprofundar na floresta, longe dos campos de guerras...

Uma Bruxa sacerdotisa de Zathroth uma das integrantes da sete cabalas de sangue, o observou.

Demétrio se sentia estranho.

A bruxa sentiu uma aura estranha...

Então ela rezou ao seu deus Zathroth, pedindo que se manifestasse em seu corpo.

Zathroth então sentiu a aura:

 

- Como esta criatura criada das mãos de Uman pode ter esse poder?

- Seria ele o escolhido?

 

Zathroth se manifestou de uma forma manipuladora, criou um livro que brilhava ao escuro. Dentro do livro continha a imagem de um escudo. O escudo era a junção do poder de Uman e Zathroth.

Demétrio não sabia.

O escudo só poderia ser criado com um poder combinado dos deuses.

 

Zathroth então escreveu no livro:

 

O escudo mágico que detém o conhecimento e o poder pode-se utilizar em suas lutas contra as forças do mal e que lhe daria grande defesa e que o tornava amedrontador para seus inimigos.

Para ser forjado deve ser feito com o melhor Aço e com as mãos de um nato forjador.

Aquilo que lhe aflinges será quebrado,

Peça com fé a Uman e toque no Escudo.

 

Demétrio ficou maravilhado com o escudo e muito intusiasmados, poderia vencer a guerra e tudo seria paz, já que ao forjar “o que lhe aflingia será quebrado”.

Demétrio passou dias e noites e então... Pediu com fé...  Aconteceu.

Ao terminar Zathroth que observava há dias no corpo da bruxa, encantou o escudo e então a junção dos poderes dos deuses aconteceu o nome do escudo era Journal Shield.

Demétrio então viu que o que havia forjado não era para o seu bem proprio e que havia sido enganado por Zathroth.

Demétrio enfurecido então decidiu lutar...

Pegou o escudo e um machado atacou-lhe com uma vasta força.

Zathroth envocou terriveis criaturas.

Foi uma luta e tanto Demétrio se sentia muito fraco e então,

Teve uma ideia resolveu ler as escrituras do escudo em tom muito alto!

 

E em seu relevo as escrituras:

 

A junção do bem e o mal...

Uman vive...

Força e Poder...

Uman Vive...

Conhecimento é PODER...

 

Após ler as escrituras o Journal Shield BRILHOU!

E com uma vasta força acertou Zathroth e o enfraqueceu.

 

Zathroth então correu para outra dimensão.

 

Demetrio após esta vitoria ficou conhecido por todas as terras

Tibianas como o anão que enfrentou Zathroth.

_________________________________________________________________

Para um Melhor entendimento fiz em PDF em anexo.

e as 3 fotos.

 
Submissão válida / Valid submission (3)
Elfo
Editado: 1 semana  atrás

(@abearira-repoz)
Tibiano Novato
Data de Registro:2 semanas  atrás
Posts: 1
12 de maio de 2019 01:22  

Abearira repoz -

World : Quelibra

 

Em uma de suas batalhas, o King Tibianus e a Queen Eloise recebera uma ameaça e previu-se que haveria um ataque eminente se aproximando e precisava avisar todo seu povo de que criaturas demoníacas foram soltas próximos ao vulcão Hellgore. Assim, procuraram o sábio mago Eremo para elaborar uma grande estratégia para assim estarem preparados para todas as guerras e invasões que poderiam ocorrer em toda terra tibiana. Este, abençoador de todos os guerreiros, e comerciante de itens mágicos, pedira ajuda de seu parente ferreiro Morgan a elaborar algum item que pudesse satisfazer o glorioso King Tibianus e a poderosa Queen Eloise.

Começaram por buscas de inúmeros projetos de armaduras, magias e encantamentos para a proteção de todos do reinado e de seus guerreiros, e assim encontraram alguns itens importantes que poderiam criar armaduras invencíveis para aqueles que estivessem com medo. Chegaram em um acordo de que precisariam fazer um escudo com metais muito raros porém com grande efeito no resultado. Perguntaram-se à outros ferreiros e A Sweety Cyclops ajudou-os a encontrar os materiais como uth’mon, metal brilhante em que se utiliza para fazer belas artes que são criados itens envolvendo muito poder mágico, juntamente com Za’kalortith, conhecido como metal do demônio, que é necessário da chama do mau para derrete-lo e só pode ser colhido no inferno. Um belíssimo material para combater o próprio mau juntamente encantado por um grande mago que faria o escudo de metais onde foi preciso de muitas batalhas para conseguir os materiais, mas que seria por uma salvação maior que estará por vir. Cada dia de batalha para os guerreiros, longe de casa e de suas famílias, sempre escreviam nos metais notícias para familiares, que cada vez que fosse recuperado um metal para a fabricação do escudo, voltasse para o reino e assim todas as manhãs as mensagens eram entregues também para os receptores, porém logo depois o metal era derretido e perdido o significado, porém, um único pedaço de metal fora esquecido de se derreter, e lá estava a seguinte mensagem escrito :

“Se queres paz, prepara-te para a guerra” 

Para todos aqueles que utilizaram o escudo sagrado, havia deixado uma mensagem para todos os guerreiros que precisariam da força de proteção daquele escudo, para estarem preparados por uma jornada difícil e com muita  luta. Foram modificando e melhorando os aspectos do escudo, nomeando-o como Journal Shield pelo fato de utilizarem o metal do corpo do escudo para mandar notícias aos familiares, também fora feito o símbolo T no canto superior esquerdo do escudo, representando todos guerreiros de todo o reino Tíbia em que batalharam todas as lutas em busca de todos os materiais para o criação do escudo feito com o metal Uth’mon e por último acrescentado a estrela como símbolo de vitória dos cavaleiros e amazonas.

 
Submissão válida / Valid submission (4)
Elfo

 

Editado: 1 semana  atrás

(@maximus)
Tibiano Novato
Data de Registro:2 semanas  atrás
Posts: 1
12 de maio de 2019 09:02  

Maximus Sandman -

World : Lobera

O Campeão que iniciava sua jornada após sua vila ser destruida pelos Orcs, cansado de ter de fugir e se esconder, procurou na estrada algo que pudesse se proteger e atacar seu oponentes, a traz de uma grande pedra estava algo que ele não esperava, um esqueleto de um guarda real e com ele um artefato brilhante que chamou a atenção; ao chegar  perto o Campeão notou que era uma placa de metal com alguma algo estranho escrito 

- " Após grandes batalhas contra os Orcs, que nunca paravam de vir, e continuavam a derrubar nossos homens e muros adentrando sempre mais em nossas muralhas, foi construído este escudo para retomar a esperança novamente de um novo mundo livre da maldade". 

O Campeão sem entender muito pegou o escudo do guarda e ao pegar ele brilhou tão forte que tudo  ao seu redor ficou branco e limpo, ele não acreditava no que via, e sentiu que sua jornada apenas começara contra os Orcs.

 

Submissão válida / Valid submission (5)
Elfo
Editado: 1 semana  atrás

(@jose-evandro)
Tibiano Ativo
Data de Registro:1 ano  atrás
Posts: 9
14 de maio de 2019 12:55  

Roberta do Evandro - Nefera

Durante a "Era do Caos" os deuses criaram os Dwarves juntos com os Elfos. 

Os Elfos são conhecidos por sua magia da natureza e da sua habilidade com o arco e flecha. Já os Dwarves conhecidos por suas habilidades de mineração e forja. Segundo a lenda sete lordes élficos ganharam o status de semi-deuses, o que criou um conflito com as guilds dos Anões... 

 A partir da nomeação de semi-deuses, os Dwarves consideraram os Elfos seus inimigos devido a sua magia oculta. 

Com o início de um conflito entre as duas raças, os Elfos foram para o norte, onde construíram grandes torres entre árvores, já que possuíam habilidade com arco, e entre folhas e galhos dificultaria a visão dos Anões. O Dwarves por sua vez construíram suas fortalezas em montanhas e túneis no subsolo, por serem mineradores facilitaria a forja de armas. 

Os Elfos por não terem a habilidade de forja, aprisionaram um Cyclop ferreiro que habitava as terras do norte antes da colonização élfica, assim o Cyclop produziria arcos e flechas para o conflito.

Os Dwarves sempre forjavam muitos machados e escudos, pois seu exército era numeroso e conhecido por sua bravura. 

A magia oculta dos Elfos junto com as flechas produzidas pelo Cyclop vinha causando várias derrotas aos Anões, que tiveram que mudar sua estratégia de luta, pois não conseguiam se aproximar das torres devido à chuva de flechas.  

Assim, os Dwarves usaram sua habilidade de mineração cavando túneis para se aproximarem do inimigo, mas faltava algo para a defesa contra a magia oculta. Portanto as guilds dos Anões se reuniram para ver uma estratégia de se defenderem uma vez dentro da fortaleza, e lembraram do líder de uma guild perdida, a dos Chromancers, que são os seguidores do tempo. Xelor, o único Chromancers conhecido nunca foi localizado, assim os anões procuraram por Norbert, o único comerciante de armaduras que encontrou o Xelor e foi presenteado com um relógio. Norbert informou tudo o que os anões precisavam para criar um escudo que os defendessem da magia dos Elfos. 

Uzgod, comerciante de armas dos Anões seguiu as orientações de Norbert, aprendidas com Xelor e criou o Journal Shield que teve escrito as seguintes descrições para combater a magia oculta: 

"Uma força jamais sobreviverá ao tempo. É certo que a sabedoria adquirida ao longo do tempo será suficiente para derrotar a mais velha magia." 

Assim, os Dwarves invadiram as fortalezas dos Elfos por seus túneis, usando o Journal Shield e sempre obtiveram sucesso em seus conflitos que duram até hoje...

 
Submissão válida / Valid submission (6)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

(@slay-zi)
Tibiano Novato
Data de Registro:2 meses  atrás
Posts: 2
17 de maio de 2019 11:10  

Character: Evelyn Evernever

World: Quelibra

Em tempos antigos...

A cidade de Carlin estava em choque, pois, havia boatos que estavam utilizando magia negra abaixo de Fields of Glory, precisamente em Maze of Lost que foi criado por Trolls, Orcs, Minotauros a mando de terríveis Warlocks. Bunna nascida e criada em Carlin, conhecida como uma poderosa exploradora e forte guerreira. Ao ouvir esses boatos, ficou bastante instigada.

Pois bem preparou sua mochila, seus armamentos e Escudo favorito partiu norte de Carlin, sua exploração havia começado e estava animada. Entrando em Maze Of Lost percebeu que era um labirinto e que não havia como voltar e então devia seguir em frente. Após andar por dias encontrou corpos de exploradores do mundo de Tibia.

Bunna continuou, sentia em seu coração que estava perto.

Após, alguns dias continuar andando, lutando contra algumas Criaturas Trolls, Minotauros, Cobras.

Ela então encontrou um local banhado a lavas e uma Placa escrita: Welcome to Demona. Bunna estava muito cansada de toda a pernada que havia feito e não aguentava mais... Acabou por desmaiar.

Ao acordar estava capturada amarrada com cordas por Warlocks que iriam leva-la ao seu chefe Zarabustor. Bunna ficou calada o tempo todo pensando em como escapar. Parecia o seu fim.  Seus armamentos e seu escudo favorito também foram apreendidos.

Na sala de Zarabustor perguntou a ela

- o que faz aqui minha jovem? Como chegou aqui?

Bunna não respondeu. Ao perceberem que ela não falaria nada, resolveram utilizar ela em um ritual em círculos e ela no meio balbuciavam em uma linguagem desconhecida.  Bunna não se desesperou e então ao perceber uma brecha em suas cordas as cortou, com uma faca que estava escondida sobre seu pulso. Correu em direção de seus armamentos. Os Warlocks a atacaram com terríveis magias, invocaram grandes Stones Golem, porém ela era ágil, ao pegar sua espada e escudo percebeu que eles eram fortes a magia e fracos na defesa.

Zarabustor nada contente atacou inúmeras magias e a derrubou no chão pegou seu escudo e tacou longe, o escudo caiu onde estavam realizando o ritual e então ele brilhou e tudo começou a tremer!!! Zarabustor ficou maravilhado e ao tocar no Escudo definhou-se, um fim trágico. Bunna não acreditava seu escudo havia ficado com poderes mágicos, correu e pegou. Ao ver de perto havia escrituras:

Tenha um Coração Limpo

O Seu Conhecimento é Poder

As forças do bem são mais forte que a do Mal.

Bunna então matou todos os terríveis e inteligentes Warlocks de Demona.

Correu ao oeste e desceu as escadas havia algo brilhante e uma placa de que ali era a saída, confiou e entrou estava novamente na floresta próxima a Carlin , caminhou até a cidade com o seu Journal Shield que ela mesmo deu este nome que remetia a poder e conhecimento e tudo que foi a  sua jornada.

Todos ficaram maravilhados com a sua trajetória e até hoje Bunna é conhecida em todo mundo de Tibia e um ícone em Carlin como a grande exploradora portadora do escudo magico.

 

 

 
Submissão válida / Valid submission (7)
Elfo
Editado: 1 semana  atrás

(@psykeeh-2)
Tibiano Ativo
Data de Registro:4 meses  atrás
Posts: 9
19 de maio de 2019 21:28  

Character: Psykeeh

World: Talera

 

⋆✩⋆ ⋆✩⋆

English

 

The Legend of the Realm of Mystery

 

     Back in the old times when everything seemed impossible, the darkness consumed the soul of the purest minds, but the truth is not everyone can be consumed.

     This journey starts where the mind can lead us, it was not about being recognized, it was about saving the world that brought joy to any kind of creatures, humans, elves, fairies, dwarfs, all communities.

     Seeing the world being consumed, and people vanishing in the dark one by one, all the warrior had in mind was to focus herself on the path of light. Deep in her soul she knew that if she kept walking through the lands where the light brightest the most, she would find the answer for it all.

     Everyone thought she should just be like everyone else, and accept her destiny, but the truth is you make your own destiny and that’s what she desired the most, not to prove that she could beat faith, but to prove that you can be more than just dark.

     The journey began and the years, months, weeks, days, hours, minutes, even the seconds would not stop this journey to the Realm of Mystery, a realm covered by stars, a legend that made everyone doubt. According to the legend a divine Shield stands before the stars, and the brightest of them all is engraved on it.

     A long the path creatures that she thought were magnificent, were surrounded by evil, the word spread that she was just walking on a land they named Darkness. Maybe this is it, should I accept my destiny she thought… This path seems not to have an end, and as soon as that though hit her mind she saw the brightest light of it all.

     She walks and walks to reach the Realm of Mystery and then she heard an echo coming from the inscriptions of the greatest creation she have ever seen:

 

 

Words of wisdom, and Dust of the Stars, made this creation a gift of the old gods…

Try, but not fear the change…

Focus on the details as it is the road of knowledge…

A story is in you…Be the light...

 

 

    She couldn’t believe that the answer that she was looking all along was so majestic, a shield located in the Realm of Mystery, the most bright and divine protection of all times.

    Light was brought to lands, and those who once were afraid to be strong, got stronger, and those who were consumed by evil, that evil was silenced by the brightest start.

 

 ⋆✩⋆ ⋆✩⋆

Portuguese

A lenda do Reino do Mistério

 

     Antigamente quando tudo parecia impossível, a escuridão consumia as almas das mentes mais puras, mas na verdade nem todos os seres podem der consumidos.

     Esta jornada começa onde a mente nos pode levar, não era sobre ser reconhecida, tudo era sobre salvar o mundo, mundo esse que trazia alegria a todo o tipo de criaturas, seja humanos, elfos, fadas, dwarfs, todas as comunidades.

     Ao ver o mundo ser consumido e cada pessoa , uma por uma , a desaparecer na escuridão, a guerreira tinha um único objectivo, focar-se no caminho da luz. No fundo da sua alma, ela sabia que se caminhasse pelas terras onde a luz brilha mais forte, ela encontraria a resposta para tudo o que questionava.

     Todos pensavam que ela deveria ser como todo mundo, e aceitar o seu destino, mas a verdade és  tu fazes o teu próprio destino e é isso que ela mais queria, não queria provar que poderia vencer a fé, mas sim provar que qualquer pessoa pode ser mais do que um ser obscuro.

     A jornada começou e os anos, meses, semanas, dias, horas, minutos, até mesmo os segundos não parariam esta jornada ao Reino do Mistério, um reino coberto por estrelas, uma das lendas que todos questionavam. De acordo com a lenda, um escudo divino está diante das estrelas, e a mais brilhante delas está gravada nele.

     Durante esta caminhada, as criaturas que ela achava magníficas, estavam cercadas pelo mal e o povo comentava que ela estava caminhando na terra que eles mais temiam e chamavam de Escuridão. Será este o fim? Será que devo aceitar o meu destino, ela pensou ... Este caminho parece não ter fim, e assim que esse pensamento passou pela sua mente, ela viu a luz mais brilhante de todas na sua frente.

     A Guerreira caminhava e caminhava para alcançar o Reino do Mistério e por breves momentos ela ouve um eco vindo das inscrições da maior criação que ela já viu:

 

 

Palavras de sabedoria e Poeira das Estrelas fizeram desta criação um presente dos antigos deuses.

Tente, mas não tenha medo da mudança ...

Concentre-se nos detalhes, pois é o caminho do conhecimento...

A história está em ti.... Seja a luz...

 

 

     Ela não podia acreditar que a resposta que ela procurava o tempo todo era tão majestosa, um escudo localizado no Reino do Mistério, a protecção mais brilhante e divina de todos os tempos.

     A luz foi trazida ás terras de todo o mundo e aqueles que uma vez tinham medo de serem fortes ficaram mais fortes, e aqueles que foram consumidos pelo mal, esse mal foi silenciado pela estrela mais brilhante.

 

 ⋆✩⋆ ⋆✩⋆

Spanish

 

La leyenda del Reino de los Misterios

 

     En los viejos tiempos cuando todo parecía imposible, la oscuridad se adueñó del alma de aquellos con las mentes más puras, pero la verdad es que no todos pueden ser atrapados por ella.

     Esta travesía comienza donde la mente pueda llevarnos, no es acerca de ser reconocido si no acerca de salvar el mundo trayendo felicidad a todas las creaturas humanos, elfos, hadas, enanos y a todas las comunidades.

     Viendo como el mundo es consumido, y las personas desvaneciendo se en la oscuridad uno por uno, todo lo que una guerrera tenía en mente era en concentrarse en el camino de la luz. Muy en el fondo de su alma ella sabía que si seguía avanzando por las tierras donde la luz es la más brillante, allí encontraría la respuesta de todo.

     Todos pensaron que ella debía ser como los demás y simplemente aceptar su destino, pero la verdad es que tu creas tu propio destino, y eso es lo que ella más deseaba, no para probar su propia determinación si no demostrar que se puede ser más que solo oscuridad.

     La travesía había comenzado, los años, meses, semanas, días, horas, minutos, incluso segundos no le pararían en su camino al reino de los misterios, un reino cubierto por estrellas, la leyenda que hizo a todos dudar. De acuerdo con la leyenda un escudo divino aquel que se postra frente a las estrellas, y la más brillante de ellas se encuentra grabada en él.

     Durante este largo camino, las creaturas que ella pensaba que eran magnificas se encontraban rodeadas del mal. Pronto el mundo corrió la voz que ella estaba caminando en una tierra a la que llamaban OSCURIDAD. <Tal vez aquí es, donde debería aceptar mi destino> Ella pensó.... <Este camino parece que no tuviera fin>... Tan pronto tuvo ese pensamiento, vio la luz más brillante de todas.

     Ella caminó y caminó hasta llegar al Reino de los Misterios. Allí ella escuchó el eco proveniente de las inscripciones de la más grande creación que ella haya visto.

 

 

Palabras de Sabiduría, y Polvo de estrellas, haz de esta creación un regalo de los dioses...

Inténtalo, pero no temas al cambio…

Concéntrate en los detalles, porque es el camino hacia el conocimiento…

La historia está en ti... Sé la luz…

 

 

     Ella no podía creer que la respuesta que ella está buscando durante todo este tiempo fuera algo tan majestuoso, un escudo localizado en el Reino de los Misterios, la más brillante y divina protección de todos los tiempos.

     La luz fue traída a las tierras, y aquellos que alguna vez tuvieron miedo de ser fuertes, se volvieron mucho más fuertes, ya aquellos consumidos por la maldad, esa maldad fue silenciada por un comienzo más brillante.

 

 

 

 

 

Submissão válida / Valid submission (8)
Elfo

 

 

 

Editado: 2 dias  atrás

(@skyfear)
Tibiano Novato
Data de Registro:2 semanas  atrás
Posts: 1
19 de maio de 2019 22:36  

Character: Skyfear

World: Nefera

English Version - Fable of the Chelabdil Elves


One fateful night a star that shone so bright high above the Fields of Glory had fallen. The Elves below were in such disbelief that a material so rare and precious had fallen into their hands by chance. This led to the Elves belief that this was a gift from the Celestial Paladin Priyla, the daughter of the stars, mystery and magic to aid them in battle against the Orc’s ravaging their lands.

An Orcish army had settled to the East. They were a plague, ravaging the fertile lands, preying on the innocent, pillaging and slaughtering anything and everything in their warpath. With Orcish numbers growing rapidly, the Elves concluded that they must begin preparing for war before they are decimated.

Only the work of great blacksmiths could forge great armour from the fallen star. The Elves knew of a master artisan race called the Cyclopes. Elven scouts had seen Cyclopes settling in an area to the northern part of the Tibian continent.

Alas with eagerness they traversed across the Fields of Glory to encounter a Cyclopes family looking to begin a new life. The family was hungry, with a newborn to care for and in desperate need for food they agreed to ally with the Elves. In return for the Elves assistance they began their work with the unknown material which the Cyclopes eventually called ‘Zatragil’.

The Cyclopes relentless work payed off, and a shield was forged. An inscription, magical and mysterious appeared. It was clear, concise; with the words written in ancient elvish come to light.

        From this star so bright..

        Twas the start of the great fight..

        This bright shield forged..

        To fight the horde..

        You shall prevail..

        And will not fail..

With their new weapon in hand, a surge of confidence grew amongst the Elven warriors. Poised that they would win a waging war they began their plan to invade the Orcish fortress, to kill the Orc king and put an end to the war.

With great confidence and with all their numbers, the Elves invaded the Orcish lands. The Orcs sheer force and brutality was too much for the Elves, and inflicted huge casualties. A small platoon of Elves managed to drive themselves into the heart of the fortress.

The Elves had soon laid eyes upon the king, who appeared demonic, corrupted and defiled in appearance. The king was invincible, embraced with the rage of his horde, quickly dispatched and devoured the Elves. One Elf remained and with magical shield in hand was protected from the demonic defiled Orc King. Locked eye to eye with the King, the Elf was knocked unconscious, ambushed by a Warlord. The shield mysteriously vanished.

The shield was not seen since the outcome of the great battle and lost to history. Legend would suggest the shield never existed and is merely a myth, utilised as a ruse to boost the Elven warrior’s morale before combat, which ultimately caused the demise of the Chelabdil Elves.

 

Submissão válida / Valid submission (9)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

(@daxtox)
Tibiano Novato
Data de Registro:6 dias  atrás
Posts: 1
20 de maio de 2019 20:15  

Character: Ima Shadow

World: Faluna

------------ 

 

 

Long ago the gods gave prizes to the warriors...

 

One day, Avar Tar loyal warrior of the king of Thais was looking for Ferumbras, suddenly the ground broke and a demon named Zavarash appeared with a shining shield, the demon shouted MAIGH EDRON, which means DEATH TO EDRON.

Tar and the demon began to fight, but every time Tar hit the shining shield, it produced a burning in the hand while creating tearing wounds.

Tar badly hurt and without hope he could read:

"Only true warriors can understand this nature, the Academy is with you, you are protected, do not fear, just fight"

Tar threw his mace to the ground, incredible as it seems these creatures are powerful but very stupid ... The demon threw the shield and grabbed the mace, Tar dodging meticulously death blows, grabbed the glorious shield and blocked a blow of the demon breaking it in a thousand pieces and freeing Edron from the threats of Ferumbras and his minions.

 

After this Avar Tar showed the great shield to the king of Thais, the king gave him the title of "Shield of the kingdom".

At the moment Tar lives remote to the outskirts of the city of Edron, his house was destroyed by demonic entities, but he keeps alert and ready for when Ferumbras returns, and what Tar knows that the great magician will one day return ..

 
Submissão válida / Valid submission (10)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

 Vand
(@vand)
Tibiano Novato
Data de Registro:6 dias  atrás
Posts: 1
20 de maio de 2019 21:16  

Character: Vand Brilhoso

Servidor: Quintera

///

Angus e Mortimer conversavam, preocupados, sobre um estranho artefato que uma equipe de exploradores havia encontrado, nos confins de Demona: um escudo prateado, com detalhes áureos e uma grande estrela. Havia uma inscrição em sua superfície, irreconhecível até agora, mesmo para os mais brilhantes pesquisadores da Explorer Society. Eles estavam no cais de Northport, a pacata vila ao norte de Carlin, apreensivos, perto ao cais, enquanto pensavam no que poderia indicar aquelas inscrições que, nitidamente, foram gravadas não pelas mãos de um ferreiro, mas sim um habilidoso arcanista.

A aura de magia que emanava daquele escudo era notável até para olhos leigos. Ainda sem uma solução para o enigma, o entardecer começava a surgir e Angus decidiu que era hora de voltar para sua base, em Port Hope, e levar consigo o escudo para analisá-lo lá.

O escudo, protegido por quatro guardas de elite, estava seguro e pronto para a rápida viagem. Um a um, todos seguiam para a Astral Bridge, que os teleportaria para Port Hope. Angus despediu-se de Mortimer, pisou no aparato mágico e desapareceu de Northport. Os guardas, enfileirados, um a um, fizeram o mesmo. Quando último dos guardas, o que estava segurando o artefato, passou, a Astral Bridge emanou raios vermelhos e rajadas de fogo, surpreendendo o guarda, e, próximo a ele, Mortimer, que observava a despedida de todos. O guarda gritou de dor e desespero antes deste desaparecer, sendo teleportado. Mortimer, assustado, tentou correr até a Astral Bridge, mas ela havia sido danificada, sua estrutura havia rachado, algo de errado aconteceu...

Do outro lado, já em Port Hope, Angus observou que apenas três guardas apareceram, mas não o quarto, que levava o escudo. "Mas por que será que está demorando tanto?!" pensou Angus, impaciente, e voltou ao Astral Bridge, tentando retornar a Northport, mas já não conseguia, algum problema ocorreu.

Em um outro plano, suspenso, estava um mago, de vestes alaranjadas, empunhando uma varinha na direção do guarda que estava com o escudo. Com sua magia, ele retirou o artefato das mãos do guarda e o trouxe para si.

"O conhecimento é o caminho. O poder é o destino", disse ele, lendo com facilidade a inscrição, enquanto sorria e empunhava o escudo. "Se vocês, exploradores, não fossem tão intrusivos, nada disso teria acontecido. Espero que a Explorer Society entenda isso como um aviso final.", disse o mago, com os olhos em chamas, lançou uma labareda no corpo do guarda, e, com um estalar de dedos, o teleportou para fora daquele plano.

Nesse instante, o corpo sem vida do guarda surgiu na base de Port Hope, totalmente carbonizado e com um pergaminho, levemente queimado nas bordas. Angus correu os olhos no bilhete, sem acreditar no que acontecera. "Não tornem a pisar em Demona, ou este será o destino de todos." ao fim do pergaminho, a assinatura "Z."

 

Submissão válida / Valid submission (11)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

 sapo
(@sapo)
Tibiano Novato
Data de Registro:5 dias  atrás
Posts: 1
21 de maio de 2019 13:32  

Sa Po - Antica

 

Tibia… a story of life and death and viceversa.

For us humans all started with the death of Tibiasula, let me correct myself… murder. From that unfortunate event all land and sea we live in was created, but don’t get me wrong, this is not a tale about known facts, is a tale about something greater, made in secret by Tibiasula in order to keep the evil far from the lands of Tibia.

Tibiasula was a creation of Fardos the Creator and Uman the Wise, meaning that she inherited all the curiosity and knowledge of their creators. She was wise and intelligent, which made her foresee what was to come, her murderer. She had planned everything from the very beginning, her death would trigger the creation of an habitable space, that she entrusted to her equals Fardos and Uman to fill with elements, landscapes and creatures. On the other hand she knew that the evil part, Zathroth the Destroyer would do everything in his hand in order to destroy all the beauty and wonderfulness that they created.

Here is where it begins an untold part of the history…

A part only available to those who inherited Tibiasula will.

From the beginning of time, Zathroth has threatened Tibia with evil creatures, some weaker, some stronger. Tibiasula knew and that is why, before dying she forged an ancient artifact, the artifact to protect them all from evil, the Journal Shield. The existence of this shield was always surrounded by mysticism, people claimed to have seen it, others claim to have possessed it… But no one knows the truth, no one except me.

The Journal Shield contains all the knowledge about evil and only appears in one specific situation, it remains patient until the causality triggers...

One fierce and mighty soul rises…

...and a frightful and dark evil awakens.

It appeared before me the day the day the presence of Gaz'haragoth was announced to the world. It appeared containing all the knowledge of the old wielders of the Shield and two instructions were clear:

Defend Tibia with your life.
Carve your knowledge of evil to the shield for the future generations.

So I followed the mission that was entrusted to me, so I have fought until today, the day I will let the shield go… I am defeated… Defeated by a bigger evil that is coming... And maybe you, you that are reading this old man lasts words, will have to face. Find yourself, reach the knowledge this shield has to offer and for our creators, DEFEAT EVIL!

Inscriptions:

Fight evil until your last breath!

Don’t let Zathroth the Destroyer conquer this legacy.

Life and Death… the story of Tibia.

 
Submissão válida / Valid submission (12)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

(@cravinski)
Tibiano Novato
Data de Registro:4 dias  atrás
Posts: 1
22 de maio de 2019 11:53  

Crav - Antica

 

Once upon a time a kid was born.

Old legends and tales talk about it, it was one of a kind, because we was the result of an unusual mixture between two very different races. That kid had in its veins human and demon blood…

His father, Apocalypse, his mother a sage from Ankrahmun. It is told that long ago, there was a fateful appearing of a demon in the city of the pyramids and that day, the child was conceived. Thanks to the mighty efforts of humans with magic, they made Apocalypse go away and sealed him onto the sands of the desert.

It was only 15 years later, when he regained enough power to come back, he took revenge and took the most valued treasure of Ankrahmun, the life of Asenath the Moon Sage, protector of the city and mother of Lathan the Half-blood Demon.

Lathan witnessed everything and sweared to his father over his own life, that revenge would be taken against the demons, all of them.

Apocalypse laughed and said:

 

“I smell fear on you, my kid… Grow strong and stay true to your words

or your soul, like your mothers’, will be mine.”

 

Witnesses were starting to come and since Apocalypse was not on his full power, vanished onto the demon realm. On the other hand, if the situation was not bad enough, Lathan was charged for the disappearance of Asenath and miraculously escaped alive, that’s when he changed his name to Lathan the Exiled and rejected by the world proceeded the way of hatred and loneliness that fate imposed to him.

He wandered seeking for knowledge and power, hunting demons from north to south and east to west, defeating evil from the Maze of Lost Souls to Hellgate, collecting materials from the darkest places like Pits of Inferno or the Inquisition Seals and at last, gathering information about his father which was the only task he didn’t accomplish.

His life went on, until one day he learned that his father, Apocalypse, was not alone but he was part of the Ruthless Seven. He felt a shiver down his spine, he knew his father was a threatening force, but 6 more archdemons? It was too much to focus his attack on and as a conclusion, he decided to forge the ultimate defense. With some of the hardest tibian metals he gathered around all his years: pieces of Royal, Hell and Draconian steel, pieces of iron, iron ores and Soul orbs, he headed onto the Demon Forge unnoticed thanks to his Demon blood.

Once Lathan was there he combined all the metals forging a shield and with a Demon bone, he carved onto the shield all the knowledge about the demonic entities he gathered during his journey in the exile, weaknesses and powers, and named it the Journal Shield.

Thanks to his demonic part, his lifespan is much longer and until today, it is told that he is still wandering… Exiled… In search of revenge.

 

Inscriptions: "I am the ultimate shield against Demons." - "Death to Apocalypse!" - "On me there is the knowledge of Tibia." - "Vengance..."

 

Submissão válida / Valid submission (13)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

(@maliure)
Tibiano Novato
Data de Registro:3 dias  atrás
Posts: 1
22 de maio de 2019 15:39  

Maliure

Server : Quelibra

A três anos atrás, no mundo Tibiano, foi implantado uma arena aonde um cavaleiro deveria enfrentar e sobreviver a demônios Pit em dez waves para assim demonstrar sua braveza, e assim conseguir ganhar uma medalha de guerreiro. Na arena. havia varias armadilhas, magias de envenenamento e até explosivos que dificultaria a jornada do soldado. Aquele que conseguisse vencer todas as waves poderia escolher qualquer pedido para o rei, que seria concedido.

Inúmeros combatentes tentaram e falharam.

Em um pequeno povoado conhecido como Sabrehaven, havia uma comerciante, parente de Chondur, que eram vistos como rebeldes portanto eram excluídos, mas a grande Tibiara com sua identidade secreta escrevia notícias e fofocas para toda as outras cidades do Tibia. Era conhecida como "T." e sempre escrevia para o jornal Bom Dia Tibia, assim ficara responsável para cobrir todas as novidades desta arena.

Em seu tempo livre, ela aprendia a lutar com o capitão Sebastian e assim era conhecida como a Incrível Amazona Tibiara em Sabreheaven e assim, começara a pensar na possibilidade dela enfrentar os Demonios Pit, já que todos os cavaleiros não haviam conseguidos sobreviver a todas batalhas. Chondur não gostara da idéia, mas ninguém poderia tirar de sua cabeça quando colocaste algo. Todos sabiam de seu potencial e das habilidades como guerreira, então,  começaram a apoia-la.

Para isto, começaram a fabricar seus equipamentos e Chondur, parente mais próximo, ficou encarregado de criar o escudo que protegeria a vida dela. Ele queria algo fosse invencível, assim, resolvera negociar com os dwarfs para ajuda-lo a encontrar o metal perfeito para a criação do Shield. Naquela situação, ele disse sobre o rumor de um metal demoníaco, que seria uma ótima opção para combater demônios. Foram inúmeras batalhas, e rumores de que Chondur chegou a ir ao local mais parecido com inferno para conseguir este metal, e assim, conseguira a base do escudo. Fora gravado com ouro a inicial de Tibiara, e foi pedido para que todos magos de diversas cidades abençoassem o escudo. Ao unir suas magias com o metal raríssimo, houve uma pequena explosão, onde todos caíram no chão sem se machucarem, e quando a poeira abaixou, lá estava, o escudo brilhando com tanta magias que havia absorvido naquele metal. Tibiara pedira para que gravasse em relevo a seguinte frase :

  “A vitória está sempre ao redor daqueles que não param de lutar”

 

Com o escudo pronto, fora à batalha, e com muito esforço, Tibiara vence a batalha.

Como prometido, o pedido foi dado para que a Sabreheaven seja incluída na sociedade tibiana, e ainda foi dado o símbolo de honra em barra de ouro em forma de estrela para que pudesse colocar em seu escudo como recompensa e deu-se o nome de Journal Shield. Atualmente, é em Sabreheaven que se realiza uma das roupas mais cobiçadas de pirata, e ainda o aumento do comércio e de visitantes, aumentara muito mais após a luta.

No dia seguinte, a notícia do Bom dia Tibia foi sobre a vitória de Tibiara.

 

 
Submissão válida / Valid submission (14)
Elfo
Editado: 2 dias  atrás

Página 1 / 2 Próxima
  
Trabalhando

Por favor Entrar ou Registrar